09
Jun
13

A ARROGANCIA

Image

bom dia,

tenho andado em crise criativa, não por parar de produzir, isso não acontece aqui, mas a coisa do facebook e publicar um livro me prenderam numa idéia do “padrão de qualidade dog” que fode minha liberdade psíquica!

o que acontece é que eu não queria mais postar nada centrado na minha perspectiva das coisas… eu concordo com os jornalistas sérios que falam que blogueiros são uma turba de egocentricos escrevendo sobre coisas que não conhecem ou sobre eles mesmos.

mas é a esse grupo que eu pertenço. então o que fazer? não sei se voces puderam notar, mas de janeiro de 2013 pra cá eu estava tentando publicar apenas: desenhos finalizados, textos com tema ou de ficção, ou quadrinhos finalizados. tentei eliminar meus exercícios, autocríticas e crises… resolução sábia, meus amigos mais inteligentes diriam.. mas eu não consegui…

depois de poucas semanas lutando pra manter a produção do meu ganha-pão separada da produção do blog eu vi que não estava conseguindo fazer nada de muito interessante pra cá e fui desanimando até parar.

mas o que eu vejo é que meu problema são as expectativas. eu esperava ser consagrado um genio. minha história pessoal me faz desejar ser levado às alturas por um publico sério que absorve cada uma das minhas observações superficiais do mundo com a profundidade de onde elas vem, uma mente enrugada de informação que observa o mundo, julga e absorve sem refletir em um exercício suburbano de corriqueirice…

mas eu não vou ser visto assim. essa pretenção me distancia tanto de fazer. querer ser o quino dos anos 2000 (e ele tá vivo) é um interesse bacana, mas é o mesmo de tantos outros moleques que também querem que alguém perca 1 hora do seu dia dissecando um texto sobre ele mesmo.

não. eu espero com esse texto extremamente longo e sabidamente verborrágico, que ninguém leia e que eu a partir de hoje consiga voltar a ver isso aqui exatamente como é. só um blog com textos e desenhos  de um moleque aí que gosta de quadrinhos.

obrigado pela visita.


3 Responses to “A ARROGANCIA”


  1. June 10, 2013 at 12:23 pm

    Dog, outro dia mesmo ia comentar que teu blog tava muito parado, e que vc podia criar uma fan page no facebook. Mas tb pensei “ele já deve ter pensando nisso, e, se não o fez é pq não quer.” Não vejo problema nenhum nos lances (quadrinhos e tirinhas autobiográficos), Jeffrey Brown taí pra mostrar que quadrinhos simples e despretensiosos são bons e ponto.
    Posta o que vc sentir vontade! ok, a gente tem essa coisa de querer “ser levado às alturas por um publico sério”, mas ficar pensando na aprovação dos outros é um tanto chato, né?

    Adorei sua resolução, é bem melhor assim, “um blog com textos e desenhos de um moleque aí que gosta de quadrinhos”.🙂

  2. June 10, 2013 at 2:40 pm

    tava com saudade a beça disso!
    nem sabia que alguém teria lido isso a essa altura. vou tentar divulgar isso pouco pra me sentir mais livre.
    eu acho que essa coisa de esperar um resultado é uma merda. me travou total. o negócio da aprovação…
    mas tem também falta de tempo prática. eu preciso parar pra desenhar minhas coisas de novo… esse lado eu to dando conta agora. to procurando uma saída. acho que é um emprego fixo.. manu já tá no colégio, já to chegando naquele ponto de pai que se comporta que nem um gnomo de jardim saltitante… ela já está formando o universo dela. não acho que ficar direto em casa ajude mais muito.
    se eu arrumar esse emprego vou comprar um carrinho de rolimã e te chamar pra dar umas voltas no flamengo, que tals? beijo!

    • June 13, 2013 at 2:54 pm

      Hahahaha! carrinho de rolimã, acho q a última vez q andei nisso eu tinha idade da Manú! hahaha, topo, topo!
      A gente espera muito dos outros, né? mas olha só, se a gente fizesse só pra gente tampouco teria validade também. é algo a ser equilibrado. Li esse pensamento hoje no Discurso do método, e gostei (Descartes, né) ” […] pois certamente se dá mais atenção ao que se crê dever ser visto por muitos que ao que se faz apenas para si mesmo […] ”
      se a gente tivesse num botequim eu diria “… a gente se empenha em cozinhar algo melhor quando outra pessoa vai comer também. pra gente mesmo, só, fazemos gororoba…”
      hahaha, beijos


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s



%d bloggers like this: