Archive for April, 2012

24
Apr
12

TIRAS DA PESADA!!

bom dia,

eu já vi muita gente dizer que quadrinho é coisa de criança, mas nunca vi ninguém falar que quadrinho é coisa de tiras (“a casa está cercada de tiras, cambada!!” – de onde tiraram essa gíria? nunca vi a palavra “tira” sendo aplicada na vida real pra falar de policia…) e eu sempre tive essa impressão. até por que no brasil as tiras sempre tiveram nomes populares. henfil, ziraldo, angeli, laerte, fernando gonzales, allan sieber, rafael sica… todo mundo sabe exatamente de quem se está falando quando se diz tira. mas quantas pessoas “normais” sabem quem é o flávio colin?

aí sempre que tem um concurso de tiras, recebo emails de amigos me avisando. “ei dani prepara alguma coisa aí. ó! não perde a data!”. e eu digo “mas eu não faço tiras…”. e vem aquele olhar de reprovação. “como esse cara pensa pequeno… vai ser sempre pobre…” e eu fico degladiando com a tarefa de explicar por que tiras não tem nada a ver com “história em quadrinhos” ou “álbum” ou sei lá o nome que o que eu faço tem… por fim eu desisto e faço o raio das tiras! só pra nego ver que não é a mesma coisa! porra!

e eu sempre tentei fazer tiras, pode até parecer, pelo meu tipo de humor que eu conseguiria fazer a transição. mas mesmo quando se trata de uma página só, o formato de “álbum de quadrinho” me sai muito mais fácil e tem um ritmo muito mais bem resolvido do que uma tira… acho que é como o negócio do bill watterson, brigando pro formato das tiras de jornal de domingo ser mais aberto… eu te entendo bill… ainda que no caso dele o impecilho seja a vontade de variar e não a falta de capacidade, como no meu caso. é muito difícil se fazer entender, ser engraçado e imprimir estilo em 3 quadrinhos. sem repetir um fórmula óbvia, em um formato tão clássico. eis por que admiro quem consegue…

essas foram feitas pro ultimo concurso da folha. ainda tinha que o tema era economia… postei meio pra dar uma chance delas verem a luz do dia, meio por não ter muito mais o que postar… to meio na correria. é capaz de eu ter que dar um tempinho… de todas essas, a unica que eu realmente gostei foi a tira abaixo. e, no fim, ela é só um quadrinho de página na horizontal… mas não ficou tão ruim…

aposto que todo mundo achou que eu ia botar uma imagem de são jorge hoje, né?! HÁ!

obrigado pela visita

Advertisements
18
Apr
12

ÁGUA SALGADA

bom dia,

tenho feito muitos projetos. projetos importantes. projetos bonitos e para bons clientes. mas a vida de freelancer não é fácil. passa uma temporada de terror entra outra e voce já antecipa a terceira. todo mundo SABE disso, mas viver é diferente. e eu já vivo isso a muito tempo.

preciso de férias. faz uns 15 anos que eu não tiro (não é um exagero, eu trabalho desde os 17 e só tirei semanas de férias ou fiquei desempregado no desespero). nunca fui à europa. e o fogo é saber que estou longe de conseguir. com meu senso de organização e minhas prioridades sendo coisas estruturais de um rapaz familia, sei que só vou tirar férias quando meus amigos contadores e decoradores se aposentarem. coisa que é óbvio. eu nunca vou poder fazer…

meus amigos que estão em empresa às vezes me olham como um herói e eu sempre reforço: não sou! é uma porradaria constante e eu to perdendo. talvez ninguém esteja feliz. talvez esse seja o segredo do universo (mentira! os locutores estão. se voce quer um conselho… seja locutor. vá por mim. vida de rei! é o que parece…)

o engraçado é que mesmo depois disso tudo, a ilustração acima ainda é meu ideal de férias! hahaha

esse texto está muito ruim. pretendo melhorar, mas se não conseguir, dá um desconto. essa semana eu to aqui completamente na obrigação.

obrigado pela visita.

09
Apr
12

33 anos em 2012. dia 7. véspera de páscoa. lendo harry potter

bom dia,

sempre fui um moleque estranho. não significa que eu estou usando minha fantasia de napoleão (ainda) mas me faz pensar sobre esse velho moleque pagão que eu sou.

não rejeito a ciencia. o idioma oficial do mundo é e DEVE ser a ciencia, mas aceitar isso não exclui as experiencias subjetivas que eu tive. sou supersticioso. pode me chamar assim. por que sei que a abstração do misticismo traz perguntas muito mais instigantes que “a partir de que voltagem esse acelerador de particulas começa a desintegrar o mundo?” sra ciencia, nós agradecemos as respostas, mas deixe as perguntas com a gente.

pro histérico em busca de sentido o mundo tem muitas coisas estranhas para oferecer. meus ideais maiores são simples. amor e felicidade, como na musica do al green. eu me interesso por assuntos místicos por que depois que voce pensa algumas coisas, não dá pra fingir que o pensamento não existe. principalmente quando voce acredita nele. virar as costas pra um pensamento é pedir por uma rasteira! existe uma responsabilidade pelo menos com voce mesmo de entender. e esse é o problema. aí está o nó.

nesse blog eu fico meio peladão. falando de coisas que ninguém teria coragem de dizer em publico. faz parte dessa ideologia allan mooresca de fazer quadrinhos. caguei pro cinismo. e espero que isso sirva de inspiração pra alguém de juízo.

obrigado pela visita.





%d bloggers like this: