Archive for May, 2011

29
May
11

BARCOS

bom dia,

barcos são muito legais de desenhar. geralmente é esse tipo de raciocínio que passa pela minha cabeça quando eu estou elaborando uma história. ou seja, é provavel que termine ruim.

é dificil controlar o que as pessoas acham de voce. se voce desenha coisas artisticas voce é prepotente. se faz heróis é um débil mental.
no meu caso eu posto desenhos e textos que falam sobre mim… fico só imaginando o que devem pensar.

mas essa obsessão pode me ajudar a criar uma identidade.
eu acabei de terminar um quadrinho de humor negro. o yuri. provavelmente quando eu lançar, quando as pessoas lerem esse livro, vão ter uma idéia de mim e uma expectativa para um próximo trabalho. eu imagino que funcione assim na cabeça das pessoas (por que é assim que funciona na minha) “ah, ele lançou essa história engraçada e repleta de críticas sociais. é um bardo moderno! as próximas vão ser versões aprimoradas disso!” mas eu me canso rápido… por isso é muito raro repetir o estilo de qualquer trabalho. animação ou quadrinho…

estou trabalhando as histórias que virão na sequencia do yuri. sequencia demorada, com certeza, uns 3 anos de intervalo, pelo menos. provavelmente 5. e não serão histórias parecidas com o yuri. eu quero fazer uma história prepotente de artista. eu quero fazer uma história retardada de aventura.

heróis nao, mas só pelos colants…
isso não significa que eu os despreze. eu me formei como ser-humano lendo quadrinho de herói, como todo bom homem de caráter… uma coisa que eu odeio é quadrinista que não gosta de quadrinho…  geralmente são os que reclamam que “quadrinho ainda é visto como coisa de criança! eu não gosto, acho coisa de retardado, mas quero ser tratado com respeito, porra!”.  e eu acho que é um desrespeito fodido com os próprios leitores falar uma merda dessas.. significa que voce é tão melhor que quem te lê?

oh, tempos de caos e falta de propósito…

obrigado pela visita.

23
May
11

MEU FAUSTO

bom dia,

Minha versão pro Fausto. Bota aí uns muitos anos pra ficar pronto.

obrigado pela visita.

15
May
11

BATOM ROSA

bom dia,

aquela mulher, a terceira da fila do banco, era maluca. eu tinha certeza.

ela ainda não tinha dito nada. mas quando abriu a boca ficou claro pra todo mundo. maluco quando fala todo mundo sabe que é maluco pelo jeito monglóide de falar. e agora todo mundo sabia. ela era louca, é claro.

mas eu fiquei pensando foi como eu tinha tanta certeza que ela era maluca antes que ela abrisse a boca..

ERA O BATOM.
o batom rosa flutuava na cara dela, equivocado. perdido. equivocado é uma palavra meio escrota, mas era isso mesmo… rosa pink nos lábios duros da velha maluca.
como quem pensava aquela manhã que o apecto infantil do rosa era colorido e todo mundo saberia que ela não podia ser louca usando cores assim.

como quem nem sabia que existe beleza. só queria dizer com certo tom de desespero “eu sou normal!!!!”

obrigado pela visita

09
May
11

LAGOSTAS, PEIOTE E CASCATAS DE OURO

bom dia,

que eu sou um cretino todos sabem. é inevitável para mim. eu tenho uma criatura do mal no peito que ri quando vê desgraça e vencê-la é minha labuta diária. mas como no onde os fracos não tem vez ficou claro, a culpa é o que constrói heróis nesses dias..

viu? agora eu sou filósofo!

então. dessa vez fui cretino com a peiote, roubando a kandi barbour dela e dando à golden shower. mas o motivo é justo. a golden shower nem pediu a kandi barbour, mas eu achei que uma história sobre cu tinha mais a ver com uma revista escatológica. é até uma questão de agradar o publico…

e vou fazer uma história nova para a peiote… mais solta. mais ação…
vou tentar umas coisas que eu não tentei (por que ainda sou um menino).
o tema da história é de um sonho que ja apareceu num post aqui. que eu comia lagostas vivas.
Eu não gosto de ver filmes de psicopata, tipo seven, por que eu fico com medo de mim… é um negócio estranho. é meio sobre isso a história. sei lá se vai prestar..

obrigado pela visita.

mas

01
May
11

368

bom dia,

eu sou desconfiado.
não gosto do mundo cosmopolita onde todo mundo se esforça pra parecer blasé…
meu negócio é gente franca. cafuné ou soco na cara.
para os sujeitos honestos é muito comum perder a linha no nível da destruição…
por isso digo que essa semana foi passada entre bons amigos.

o outro lado da moeda é que tive que me deslocar do meu território e onibus pra jacarepaguá tarde da noite é uma sacanagem. eu não me lembrava o quanto!

por isso vai o meu protesto contra a REDENTOR.

duas vezes na semana eu fiquei preso no centro. por força, perrengue e orgulho.
a primeira vez foi pela chuva. os filhos das putas dos motoristas que estavam rodando refizeram o itinerário na canalhice e deixaram todo mundo que não estivesse no ponto final para trás, disseram que foi por que caiu uma pedra no meio da serra grajaú-jacarepaguá.. beleza… mas é na chuva fria que mais se precisa daquele onibus amigo.
na segunda vez eu fui direto pro ponto final e cheguei num horário de funcionamento… o programado é ter onibus a noite inteira, de hora em hora,  eu podia até ter ido pra outro ponto, pego outro ônibus, mas não fui por raiva. sexta-feira é dia que se trabalha sr prefeito…. bota uns onibus aí pra quem trabalha e quer criar a filha direito, né porra? a redentor já tem dinheiro demais, não precisa fazer miséria…

mijei na nova pintura do teatro municipal e não fui preso.. e agora?!

esse post foi feito em honra ao meu bom amigo joão mors.
(o carinha do desenho não sou eu nem o joão. é um outro puto que tava por lá.)

obrigado pela visita.





%d bloggers like this: