02
Jan
11

A TERCEIRA IDADE

bom dia,

a bastante tempo, em um outro post de título muito parecido com esse, eu falei de um projeto para o futuro, que ia demorar pra se tornar uma relidade e que agora está muito próximo de se realizar. “YURI”.

pra quem vem no meu blog com alguma frequencia (jaum, snoope, calote, plinio fuentes, fabiano teles, joão lemos, kael kassabianwalter pax…) amigos que estão batendo papo comigo a alguns anos, o yuri já é um projeto com alguma identidade. pelo POUCO que eu escrevi e mostrei aqui, pode-se saber o título (“YURI” apesar que tem um subtítulo e esse eu não vou dizer) dá pra saber que o personagem principal tem um gato falante, tem um sujeito gordo chamado de andrei por quem é enforcado e é derrubado pelo povo.
tudo que eu dexei escapulir aqui foi isso e que o livro tem um numero exagerado de páginas pra um prepotente autor iniciante.

então. agora eu apresento a terceira idade. espero que daqui a uns 3 anos voces saibam tanto desse projeto quanto hoje sabem do yuri… nada.

UM GRANDE FUTURO PRA TODOS NÓS.

obrigado pela visita


11 Responses to “A TERCEIRA IDADE”


  1. 1 Aleph
    January 2, 2011 at 5:28 pm

    o mistério é um ótimo fermento para o desejo. só não o deixe cair em sua mente – se isso acontecer, provavelmente, Yuri nunca vai nascer.
    gostei da “terceira idade”. em especial, gostei, do que me pareceu ser, uma distinta senhora, sentada em uma cadeira de rodas. parece que ela assiste a vida de um modo leve, como quem já sabe lidar muito bem com seu passado. ou talvez não seja nada disso.
    té mais dog!

    • January 2, 2011 at 5:51 pm

      aleph,
      se expor em um blog é um negócio estranho. eu tenho uma persona que escreve aqui, que nem a xuxa. o mais estranho é quando eu me lembro que isso aqui é só um blog de um cara e leio meus textos como se não fosse eu. eu fico com vergonha por mim, às vezes… meu ego é gigante.

      cara, a verdade é que eu nem sei se vai ser publicado o yuri. eu acho que vai…
      eu gosto muito do meu quadrinho. de verdade. e só não boto mais idéias aqui por que tenho medo que apareçam em outros quadrinhos, já que até o resultado sair levam-se anos… o yuri eu acho que foram uns 5 anos, entre escrever e desenhar… e apesar de ter ficado um lance punk-rock pra cacete, ficou bem cru. isso vai um pouco contra mim aqui no brasil, por que brasileiro tem a impressão que bem feito é bem acabado… que conteúdo é qualidade… essas coisas que parecem muito mas não são a mesma coisa.

      mas se não for publicado nas editoras que eu “escolhi”, eu acho que consigo publicar numa pequena e foda-se… o negócio é fazer parte dessa nossa nobre herança cultural européia! hahaha

      então. o mistério. é só por isso… só pra não ser plagiádo antes do tempo. eu tenho umas histórias curtas, mas foi o yuri que se apresentou como o primeiro quadrinho… tem muito da minha vida.. eu tinha que escrever umas opiniões pra tirar do caminho, sei lá… me pareceu justo que eu coeçasse com um roteiro longo.. sei lá… idiotice! jhahahahah
      eu devia ter feito o que todo mundo faz. desenhar num zine, arrumar uma galerinha, fazer umas ilustras pra trip e ficar famoso e duro. mas…

      eu e meus textos. eu gosto de voce, aleph. tenho a impressão que aleph é uma esperta alcunha borgiana…

      abraço forte!

      • 3 Aleph
        January 3, 2011 at 3:00 am

        ah… o borges…
        reservar a contemplação do imensurável, a partir de um “objeto secreto e conjectural” – como diria o próprio -, compreende o precioso significado de “aleph”. o aleph é um monolito negro, do qual tudo pode ser esperado, mas quase nada pode ser compreendido. talvez, em minhas rápidas aparições, eu possa, então, contribuir com visões que mensurem o infinito, sobre sua arte. na verdade, acredito que alcançar o olhar infinito, sobre as expressões humanas, seja, justamente, o trabalho do artista.
        entendo a sua posição sobre o mistério. as pessoas, normalmente, encaram uma enxurrada tão grande de informações, que quase sempre às associam com “possibilidade”: vão assimilando as ideias, e as colocando uma ao lado das outras. mas espero, realmente, que suas ideias ganhem o destino planejado, para que possam ser, por fim, contempladas.
        té mais dog!

  2. January 3, 2011 at 1:03 am

    Suspense sempre é bom! Espero que role esse projeto, e que não seja muito caro, ou que role um belo desconto para nós, porque o dinheiro anda fugindo de mim.

    • January 3, 2011 at 5:16 pm

      quase não vi sua mensagem snoope, mongo que sou.

      se depender de mim custaria 2 real. quero ser lido pelo maior numero de pessoas possíveis…
      mas eu não tenho muita idéia de como essas coisas funcionam. o mercado editorial é novo pra mim.
      mas voce é uma celebridade na minha vida blogueira. se eu tiver como ajudar voce a ter o livro eu ajudarei. pode estar certo.

      abraço grande

  3. January 3, 2011 at 3:50 pm

    Que bom ver que já tem outro projeto engatilhado, Daniel! A ilustra está foda!

    Valeu pelo comentário lá no blog! E óh, estamos fazendo a segunda Peiote, agora vô ficar de cima do cê até receber alguma hq sua hahaha. Mas falando sério, vê aí se rola de enviar alguma coisa, seria foda ter você na revista. Sei lá, 1 ou 2 páginas se estiver muito agarrado aí (mas pode ser até 8, 10, 12…).

    Acho que você fez certo, por um ponto de vista, de se concentrar no seu livro. É difícil pra caralho fazer um livro de quadrinhos de mais de 200 páginas, são poucos os que conseguem e isso já te leva para um patamar diferente. O lado ruim é que as editoras não querem somente boas histórias, elas querem mesmo é vender (ao capitalismo) e com isso dão prioridade para autores mais conhecidos, o que geralmente se conquista com histórias curtas, tiros para todos os lados etc. De qualquer forma, sua hq está prometendo bastante, mas de forma diferente do que algumas coisas que foram lançadas nos últimos tempos..

    E “um grande futuro pra todos nós”!
    Abração!

    • January 3, 2011 at 4:26 pm

      está combinado, jaum.
      se voce quiser eu estarei nessa próxima peiote. espero não fazer feio.

      cara, tem também um medo grande de mandar mal nisso tudo.
      se eu fizer um quadrinho só grande e ele for ruim, vai ser
      uma unica experiencia humilhante…
      várias experiencias humilhantes espalhadas por milhares
      de revistas é um negócio bem mais difícil de encobrir ou
      ignorar.

      mas eu estarei na próxima peiote.
      vou pensar numa história boa de meia página! hahaha

      • January 6, 2011 at 5:16 am

        Fechou então! Essa semana ainda eu te mando um email pra gente combinar isso direito (nem que seja meia página hahaha).

        Sobre o lance de publicar, tem realmente esse problema que você diz, mas acho que quando se vai publicando e produzindo ao mesmo tempo (diferente, por exemplo, de quem fica guardando material na gaveta e depois desagua tudo) já rola um retorno (o tal feedback) então é possível ir percebendo os acertos e falhas. Creio que você mesmo percebeu isso depois do Irmãos Grimm. Sua hq estava foda (e você é um chato de ficar dizendo que não), mas seu traço mudou pra caralho depois, teve uma evolução do caramba.

        Te citei em uma entrevista, depois saca lá: http://fanzinotecamutacao.blogspot.com/2011/01/viajar-com-jaum.html

        p.s.: rapaz, a sessão de comentários do seu blog está realmente aconchegante. Vamos marcar um pôquer que dia? hahaha

  4. January 5, 2011 at 3:54 pm

    Salve Dog, seu blog ja ta no meus favoritos aqui…
    Sobre seu comentario no meu Blog
    Habesha e um termo popular q designa o nativo da Etiopia, como chamar um curitibano d barriga verde. Agora vc m fez pensar numa coisa, como s chama um Habesha Abixalhado? Deve ser Habicha mesmo ou Audrin!
    Abracao e sucesso (SEMPRE!), V.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s



%d bloggers like this: